Recebimento Indevido de Seguro Desemprego

03/01/2013 - Legislação e Justiça

 

O seguro-desemprego é um benefício criado para sustentar o trabalhador enquanto estiver sem emprego e, consequentemente, sem nenhuma renda, para garantir o seu sustento e de seus dependentes. 
 
Desta forma, o trabalhador só pode requerer o benefício quando for dispensado sem justa causa ou nos casos de rescisão indireta.
Entende-se como renda, dentre outros, a aposentadoria, vencimentos provenientes de serviço público, qualquer benefício previdenciário como pensão, auxílio-doença ou auxílio-reclusão, bem como o pró-labore recebido pelo comerciante.
 
O recebimento indevido do seguro desemprego é uma conduta criminosa apurável pela Polícia Federal e processada e julgada na Justiça Federal.
 
Caracteriza-se fraude, por exemplo, quando o trabalhador sai de um emprego, requerer o seguro, ingressa em outro emprego e continua recebendo o benefício. Visualiza-se a fraude, ainda, quando há acordo entre empregado e empregador para que seja formalizada a dispensa sem justa causa e a prestação de serviços continua com recebimento de salários. 
 
Nestas situações, além de o empregador sofrer autuação por falta de registro, o fato é comunicado à autoridade policial para apuração da fraude e, sendo esta constatada, serão consideradas criminosas tanto a conduta do empregado quanto a do empregador.
 
Além dos crimes de estelionato e falsificação de documento público o empregado será obrigado a devolver o dinheiro recebido indevidamente e passará dois anos sem ter direito a receber outros seguros. O empregador, por sua vez além do enquadramento no Código Penal, estará sujeito ao pagamento de multa administrativa correspondente à fraude ao seguro desemprego.
 

Notícias Relacionadas


Notícias Recentes

CDL BH disponibiliza o serviço SOS Cidadão
24/02/2017 -
Leia as principais notícias desta sexta-feira, 24 de fevereiro
Presidente Bruno Falci é homenageado com troféu pelo Lions Clube
24/02/2017 - CDL na Mídia
Troféu Centenário foi entregue nas comemorações do centenário de fundação do Lions Clube Internacional para a Casa Falci
Será que você acertou na escolha do seu tipo de cliente?
23/02/2017 - Economia
Uma das grandes dúvidas que paira sobre os empreendedores mais inquietos é uma reflexão sobre a relação do seu negócio com seus clientes.
Banco Central reduziu os juros levando a Selic de 13% para 12,25% ao ano.
23/02/2017 - Economia
O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) reduziu em 0,75 ponto percentual a taxa de juros, que foi de 13% para 12,25%.

Seja um Associado »

Nossos Produtos

Consultas Confirme os dados cadastrais e a análise de crédito de consumidores, empresas e grupos econômicos de todo o país
Registro de Inadimplência Uma rede formada por mais de 1 milhão de empresas em todo o país recuperando o crédito para você
Enriquecimento de Banco de Dados É um tratamento feito na sua base de dados para atualizar as informações e eliminar os registros incorretos ou duplicados.

... Carregando...