Programa 'De olho na validade'

17/09/2014 - Apoio ao Consumidor

Implantado em julho de 2012, por meio de uma parceria entre o PROCON Estadual de Minas Gerais e a Associação Mineira Supermercadista (AMIS), o programa “De olho na validade” tem por objetivo incentivar a atenção do fornecedor e do próprio consumidor quanto ao prazo de validade dos produtos comercializados no Estado.
 
Como sabido, o código de defesa do consumidor impõe ao fornecedor o dever de informação acerca do prazo de validade na oferta e apresentação dos produtos ofertados no mercado de consumo (artigo 31 da Lei 8.078/90).
 
A informação tem o escopo de assegurar ao consumidor “a proteção da vida, saúde e segurança contra os riscos provocados por práticas no fornecimento de produtos e serviços considerados perigosos ou nocivos” - direito básico previsto no art. 6º, inciso I, do CDC.
 
Além disso, a legislação consumerista vigente atribui ao fornecedor a responsabilidade por evitar riscos na utilização e fruição de seus produtos, bem como por garantir a adequação destes aos fins a que se destinam. Notadamente, o fornecedor tem o dever de disponibilizar ao consumidor produtos em condições próprias para consumo, o que inclui, por óbvio, aqueles com o prazo de validade ainda a vencer.
 
Pensando nisso, o programa “De olho na validade” impõe aos supermercados participantes (a participação é voluntária) que garantam ao consumidor, que se deparar com qualquer produto vencido, o direito de obter, gratuitamente, outra mercadoria (idêntica ou similar), que esteja dentro do prazo de validade.
 
Na há dúvidas de que a medida valoriza as relações de consumo, incentivando o consumidor a conferir o prazo de validade antes da compra e o lojista a aprimorar seus métodos de cuidado e controle.
 
Para identificar os supermercados participantes, basta procurar pelos cartazes de divulgação do programa e de seu regulamento oficial, os quais serão afixados no próprio estabelecimento.
 
 
 

Notícias Recentes

Funcionamento do comércio no feriado de Corpus Christi
24/05/2018 - Legislação e Justiça
A CDL/BH informa, aos seus associados, que até o momento presente, os sindicatos de classe não firmaram acordo sobre o funcionamento do comércio no feriado de Corpus Christi (31 de maio, sexta-feira). Portanto, com base no que dispõe o artigo 6º-A da Lei 10.101 de 2.000, o comércio de Belo Horizonte não poderá funcionar. A CDL/BH está acompanhando a evolução e, caso ocorra alguma mudança nos próximos dias, comunicará aos seus associados.
No dia sem imposto gasolina é vendida hoje em BH a R$ 2,98
24/05/2018 -
Leia as principais notícias desta quinta-feira, 24 de maio.
Sobe o número de mineiros endividados em abril e março
23/05/2018 -
Leia as principais notícias desta quarta-feira, 23 de maio.
Vendas a prazo no Dia das Mães crescem 2,86%
23/05/2018 -
É a primeira alta após quatro anos de retração no volume de vendas, reflexo da retomada tímida da economia brasileira

Seja um Associado »

Nossos Produtos

Jovens Aprendizes o elo entre os jovens em busca da primeira experiência profissional e empresas socialmente responsáveis.
Compra de Mailing São listas personalizadas e segmentadas de acordo com perfil desejado para suas campanhas de marketing e outras finalidades
Garantia de Cheques A análise de crédito mais completa do mercado para você vender com segurança

... Carregando...