Feriado de Tiradentes

12/04/2018 - Legislação e Justiça

De acordo com informações veiculadas pelo sindicato da categoria, o comércio lojista de Belo Horizonte está autorizado a funcionar no feriado do dia 21 de abril de 2018 (Tiradentes).

Segundo informações, foi celebrada uma Convenção Coletiva especialmente para tratar do assunto, possibilitando o funcionamento do comércio nesse dia.

Da carga horária dos empregados:

O empregado que prestar serviço nesse feriado terá uma jornada de trabalho de 8 (oito) horas, com no mínimo uma hora para descanso.

Tendo em vista que o trabalho ocorrerá num sábado, caso o empregador opte por trabalhar apenas 4 horas não poderá descontar as outras 4 horas restantes do dia de folga do trabalhador e nem terá crédito de horas para cobrar do empregado futuramente.

Dos benefícios aos empregados:

O empregador deverá pagar uma gratificação de R$40,00 para o empregado que trabalhar nesse feriado, além de conceder uma folga compensatória no prazo máximo de 60 (sessenta) dias após o mês em que ocorrer o feriado.

Os sindicatos concordaram que, posteriormente se for ajustado um valor superior a R$40,00 para a gratificação pelo trabalho no feriado, a diferença deverá ser paga ao trabalhador juntamente com a folha de pagamentos do mês posterior ao ajuste.

Fonte: Departamento Jurídico - CDL/BH

 

Notícias Recentes

Por não ter sido convertida em lei, medida provisória que alternava a reforma trabalhista perde sua eficácia
26/04/2018 - Legislação e Justiça
No dia 23/04/2018, por não ter sido convertida em Lei, a Medida Provisória (MP) nº 808/2017, que alterava alguns pontos da Reforma Trabalhista (Lei 13.467/2017) caducou, deixando assim de produzir qualquer efeito a partir do fim de sua vigência.
Comércio não abrirá em 1º de maio - 10h21
26/04/2018 -
Leia as principais notícias desta quinta-feira, 26 de abril.
Dia das Mães deve injetar R$ 2,6 bi no comércio da capital
25/04/2018 -
Leia as principais notícias desta quarta-feira, 25 de abril.
Cadastro Positivo
25/04/2018 - Legislação e Justiça
O texto do Projeto de Lei Complementar nº 441/2017, que está em tramitação na Câmara dos Deputados, dentre outras alterações na Lei do Cadastro Positivo, Lei nº 12.414/2011, retira a necessidade de autorização prévia por parte do consumidor para inclusão no cadastro positivo.

Seja um Associado »

Nossos Produtos

Garantia de Cheques A análise de crédito mais completa do mercado para você vender com segurança
Score Saiba qual a probabilidade do consumidor tornar-se inadimplente nos próximos 3 ou 12 meses.
Assistência ao Consumidor Assessoria gratuita nas relações entre consumidor e lojista

... Carregando...