Em que posso ajudar?

WhatsApp
Notícias -

METADE DOS JOVENS DE BH, ENTRE 15 E 21 ANOS, DIZ ESTAR COM A SAÚDE MENTAL FRAGILIZADA 

Notícias gerais

Pesquisa da Fundação CDL-BH aponta ainda que mais da metade deste grupo populacional sentiu-se desanimado no último mês. Para auxiliá-los na promoção da saúde mental, a entidade realizou série de palestras educativas e, nesta quinta-feira, promove ações na Praça da Liberdade

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 15% da população mundial entre 15 e 29 anos sofre de transtornos como depressão e ansiedade, sendo essa a segunda principal causa de morte entre essa população. Em Belo Horizonte, uma pesquisa realizada pela Fundação CDL-BH, com 510 jovens entre 15 e 21 anos,  revelou que 50,4% dos entrevistados consideram que a saúde mental está regular ou ruim. Já 38,2% dos respondentes disseram estar em frequente estado de tristeza e/ou desânimo. Mais da metade dos jovens ouvidos (52,5%) afirmou que, no último mês, sentiram-se exaustos e/ou desanimados. A pesquisa foi realizada no mês de agosto e os participantes integram um grupo geracional entre 15 e 24 anos. 

“Identificamos que esses jovens, apesar da boa convivência com os colegas de escola e de trabalho, relatam que a saúde mental está fragilizada. Essa é uma geração que vive a velocidade das informações e acontecimentos de forma muito intensa e constante. Além das próprias cobranças para se encaixar em grupos sociais. Tudo isso afeta as emoções e sentimentos”, analisa o presidente da Fundação CDL-BH, Vilson Mayrink. 

Para auxiliar os jovens na recuperação e no fomento à qualidade da saúde mental, a Fundação CDL-BH tem promovido uma série de ações ao longo do mês de setembro, período de prevenção ao suicídio e valorização da vida. Entre os dias 19 e 22, os jovens aprendizes participaram de uma série de palestras orientativas com o Projeto HELP, uma iniciativa de atuação nacional e internacional que atua com a prevenção de problemas de ordem psicológica e emocional, propondo-se a ajudar pessoas a superar seus traumas, medos, e vencer a depressão, automutilação, síndrome do pânico, transtornos de ansiedade, suicídio e diversas outras condições.

Distribuindo palavras e apoio

Encerrando as atividades de promoção à saúde mental, nesta quinta-feira, 28, os jovens aprendizes da Fundação CDL-BH irão compartilhar com a população de Belo Horizonte os aprendizados adquiridos sobre o tema ao longo do mês. Os jovens irão distribuir bilhetes com mensagens motivacionais escritas por eles na Praça da Liberdade. A primeira entrega foi às 10 e a segunda será às 16 horas.  

“O objetivo é que esses jovens compartilhem palavras de carinho e dicas de cuidado com a saúde mental. Infelizmente grande parte da população não tem acesso a essas ferramentas de atenção, por isso, queremos que eles possam dividir com as outras pessoas, e também com suas famílias o que aprenderam neste período”, finaliza o presidente da Fundação CDL-BH.

Publicações similares

Notícias gerais
24 de maio de 2024
ESTAMOS DE OLHO: CONFIRA OS DESTAQUES DAS CASAS LEGISLATIVAS DE 20 A 24 DE MAIO.

Ampliação de comércio nas ADEs; simplificação do Código de Posturas; 5G nas cidades do interior de …

Notícias gerais
21 de maio de 2024
GASOLINA SERÁ VENDIDA COM VALOR REDUZIDO EM 35% NO DIA LIVRE DE IMPOSTOS

No dia 6 de junho, o litro do combustível será comercializado a R$ 3,76. O abastecimento …

Notícias gerais
21 de maio de 2024
COMÉRCIO DE BH ENCERROU PRIMEIRO BIMESTRE DE 2024 COM CRESCIMENTO

Movimentação turística e festas do período contribuíram para o resultado positivo. Na análise mensal, fevereiro obteve …

Notícias gerais
16 de maio de 2024
DIA LIVRE DE IMPOSTOS JÁ TEM DATA MARCADA

Ação contra altas cargas tributárias será realizada no dia 6 de junho em todo o país. …