Imprensa -

Comércio já acumula prejuízo de R$ 38 milhões com greve dos rodoviários

Sugestão de Pauta
O comércio varejista de Belo Horizonte continua acumulando prejuízos com a greve dos rodoviários de Belo Horizonte e região metropolitana. De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Bruno Falci, em dois dias de paralisação, o setor já deixou de faturar R$ 38 milhões. “Muitos lojistas se prepararam para a paralisação, buscando seus funcionários em casa”, afirmou. “Mas sem clientes, que não conseguem chegar aos centros comerciais, o setor está acumulando prejuízos”, completou.