Imprensa -

Empresários estão confiantes para as vendas de última hora no Dia das Mães

Sugestão de Pauta

Uma das datas comemorativas mais aguardadas pelo comércio, o Dia das Mães de 2018 promete ser o melhor dos últimos cinco anos. A estimativa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) é que as vendas cresçam 2,76%, em relação ao mesmo período do ano passado.  Esse é o maior percentual de aumento desde 2013. Entre os lojistas a expectativa é positiva para a semana que antecede a comemoração.  Para o propietário da loja Total Calçados, Rafael Nogueira Rocha, as vendas devem aumentar consideravelmente de quinta-feira até domingo. ‘’Em todas as datas, boa parte dos consumidores tem o costume de deixar as compras dos presentes para a última hora, e isso também ocorre no Dia das Mães. Nossa expectativa que o volume de vendas cresça significativamente nos últimos dias da semana, principalmente na sexta-feira e no sábado”, comenta.

Além do costume de deixar a compras dos presentes para próximo à data, outro fator que deve impulsionar as vendas nesta semana é o pagamento dos salários que ocorre normalmente no quinto dia útil, em maio a data caiu no dia 7. Por isso, o empresário Marcelo Augusto Gomes Cataldo, da Rommanel, está otimista com as vendas desta semana. “O movimento maior será realmente neste final de semana. Por enquanto observamos um crescimento ainda tímido nas vendas. Mas, acreditamos que a busca pelos presentes irá se intensificar nos próximos dias, pois, muitos consumidores costumam aguardar o pagamento do salário e quitação dos débitos para ir às compras”, explica o lojista.

A estimativa da CDL/BH é que R$ 2,16 bilhões sejam injetados no comércio em maio com as vendas dos presentes do Dias das Mães. Entre os consumidores, o forte apelo emocional da data fará com que 81,2% adquiram presentes para as mães neste ano. Entre eles, sete em cada dez irão comprar itens de até R$ 150.

Principais pontos da pesquisa para o Dia das Mães – Consumidores

  • O tíquete médio dos presentes deve ser de R$ 122,75.
  • O dinheiro será a forma de pagamento mais utilizada pelos consumidores (42,1%).
  • Os itens mais procurados neste Dia das Mães para presentear serão as roupas (31,4%), perfumes e hidratantes (16,9%), e os calçados e acessórios (11,6%).
  • O shopping center foi à opção citada por 50,4% dos consumidores como lugar ideal para  a realização das compras.