Imprensa -

Gasolina e gás de cozinha serão comercializados sem o valor dos impostos na capital mineira no próximo dia 2 de junho

Sugestão de Pauta

A ação, que faz parte do Dia Livre de Impostos (DLI), promete dar alívio no bolso do consumidor e conscientizar sobre a carga tributária do país

No dia 2 de junho, os belo-horizontinos poderão adquirir gás de cozinha, gasolina, medicamentos e diversos outros produtos sem a incidência de impostos.  As vendas fazem parte do Dia Livre de Impostos (DLI), ação realizada em todo território nacional que nasceu em Belo Horizonte, por iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e da CDL Jovem de Belo Horizonte.

“Esse movimento tem o objetivo de conscientizar a população sobre a alta carga tributária que pagamos e também desmistificar a ideia de que os lojistas e empresários são os responsáveis por definirem os preços de produtos e serviços. Se nossa tributação fosse mais amena, o poder de compra dos consumidores seria melhor, assim como o varejo e a economia”, destaca o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva. “Apesar de ser pago normalmente pelas empresas que participam da ação, o valor dos impostos não será repassado ao consumidor final”, completa.

Gasolina sem imposto

O Posto Pica-Pau, localizado na Avenida do Contorno, 10.325 – Barro Preto, aderiu à campanha e comercializará gasolina comum sem o valor dos impostos incidentes, limitados a 50 motos e 145 carros. O objetivo é contemplar o maior número possível de consumidores. O pagamento será feito obrigatoriamente em dinheiro. O abastecimento será por ordem de chegada e com a distribuição de senhas.

O valor do litro representa o preço da gasolina comum sem a incidência de três tributos (CIDE, ICMS e PIS/COFINS), que correspondem a cerca de 36% de taxas que compõem o preço final do produto. O presidente do Minaspetro, Rafael Macedo, destaca a importância do engajamento da categoria de postos neste tipo de iniciativa.

“Combustível, possivelmente, é o produto que o consumidor observa com mais clareza como a carga tributária é nociva no valor final da bomba. Não por acaso, tradicionalmente, longas filas se formam no dia da ação, mostrando que é um produto que o cliente precisa sempre para se deslocar e trabalhar”, salienta.

É importante frisar que o abastecimento será feito diretamente no tanque do veículo, ou seja, não é permitido o abastecimento em galões, vasilhames ou quaisquer recipientes, mesmo sendo os galões autorizados pela ANP.

Gás de cozinha mais barato

A distribuidora Amigão Gás, localizada na Rua Estrada do Cercadinho – 1.315, bairro  Jardim América, irá vender o botijão de gás sem o valor dos impostos incidentes. Serão comercializadas 200 unidades, limitada a uma por pessoa. A compra será por ordem de chegada e com distribuição de senhas. “O gás de cozinha tem sido um dos vilões do orçamento das famílias. Os aumentos recentes e a inflação estão pesando no bolso do consumidor. O DLI vai ajudar a esclarecer como o preço final é estabelecido e o quanto os impostos embutidos nesse produto impactam o poder de compra”, afirma Thiago Gomes, sócio da distribuidora.