Imprensa -

Inadimplência sobe entre os consumidores mineiros

Sugestão de Pauta

O endividamento dos consumidores do Estado cresceu 3,80% em abril de 2018, na comparação com o mês anterior (Abr.18/Mar.18), de acordo com o indicador de inadimplência do Conselho Estadual de SPC de Minas Gerais. Na variação anual (Abr.18/Abr.17) houve alta de 0,37%. Esse acréscimo nas duas bases de comparação pode ser justificado pelo leve aumento da inflação do período de 0,13 pontos percentuais (IPCA Abr.18 em 0,22% e Mar.18 em 0,09% – IBGE). Entre os sexos, a inadimplência das mulheres cresceu em abril (0,08%), enquanto que entre os homens houve uma queda de 1,58%.

Por outro lado, o número de dívidas dos mineiros caiu 4,77% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano anterior (Abr.18/Abr.17). Já na variação mensal (Abr.18/Mar.18), foi registrado acréscimo de 2,11%. Na abertura por faixa etária, no mês de abril de 2018, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a maioria das dívidas registradas concentrou-se na faixa etária entre 65 a 84 anos (3,55%).

inadimplência e número de dívidas das empresas aumenta

Em abril deste ano, houve alta de 3,80% no número de pessoas jurídicas inadimplentes, comparando-se com o mesmo período de 2017. Na base de comparação mensal (Abr.18/Mar.18) o crescimento foi de 1,05%.  O setor de serviços permanece sendo o com a maior quantidade de empresas devedoras. A inadimplência do segmento registrou alta de 5,60%. Os demais segmentos comportaram-se da seguinte forma: outros (+4,51%); comércio (+2,95%); indústria (+0,88%); e agricultura (-4,89%).

O número de dívidas das empresas mineiras, na comparação mensal (Abril.18/Mar.18), apresentou crescimento de 0,51%. Já na variação anual (Abri.18/Abr.17), a quantidade de contas em atraso aumentou 1,98%. O número médio de dívidas de pessoas jurídicas em abril de 2018 foi de 2,03 por empresa. No mesmo período do ano anterior, era de 2,07 por CNPJ.

Metodologia – Os indicadores de inadimplência apresentados nesse material contêm todas as informações disponíveis nas bases de dados a que o SPC Brasil e as CDL’s de Minas Gerais têm acesso.