Imprensa -

MEIs de Belo Horizonte e Região Metropolitana ganham programa de assistência

Sugestão de Pauta

CDL/BH e Sebrae Minas lançam o SOU MEI, conjunto de ações a preço acessível, que vai ajudar microempreendedores a estruturarem seus negócios e oferecer consultoria jurídica, institucional, linhas de crédito e capacitação de mão de obra

Em um ano em que o empreendedorismo deixou de ser um movimento e se tornou a realidade de milhões de brasileiros, as dificuldades dessa empreitada também surgiram para os profissionais autônomos.  A mais recente edição do perfil ‘Quem é o MEI’, realizado pelo DataSebrae, em 2019, apontou que para os microempreendedores individuais (MEIs) os principais problemas são controle financeiro, orientação para crédito, propaganda e marketing, melhoria de produtos e serviços e uso de redes sociais.

A necessidade de assistência aos microempreendedores cresce na mesma velocidade que o número de pequenos negócios aumenta. Para auxiliar nesta demanda de criação, consolidação e sustentabilidade dos negócios, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), em parceria  com o Sebrae Minas, lançou na última semana, o programa SOU MEI, que vai oferecer apoio e soluções para os MEIs da capital e Região Metropolitana. O lançamento foi realizado na sede da CDL/BH e contou com as palestras de Rick Chesther e Geraldo Rufino, empreendedores que são referência no país.

“Vamos oferecer um serviço acessível, com mensalidade a R$ 38. Nesse programa, os microempreendedores terão acesso às linhas de créditos de instituições como Sicoob, Gyra+ e Junior Achievement. Em parceria com o Sebrae Minas vamos ofertar mentorias, cursos e trilhas de conhecimento. Colocaremos à disposição dos MEIs os setores jurídico e institucional da entidade para esclarecer dúvidas e prestar orientações”, descreve o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

 “O MEI é a categoria empresarial que mais cresce em todo o país. Contudo, para garantir a sustentabilidade dos negócios, quem é microempreendedor precisa amparar sua atividade em bases profissionais”, alerta o diretor de Operações do Sebrae Minas, Marden Magalhães.

Segundo Magalhães, a parceria com a CDL/BH amplia o atendimento que o Sebrae já oferece em todo o estado. “O programa SOU MEI vai facilitar ainda mais o acesso dos microempreendedores de Belo Horizonte e da Região Metropolitana às nossas soluções de capacitação e orientação empresarial para o aprimoramento da gestão dos negócios nas áreas financeira, de marketing e gestão de pessoas, além de informações relacionadas à legislação do segmento”, explica.

MEIs em números

Atualmente, o país conta com 18 milhões de pequenos negócios, sendo a maior parte MEI. Juntos, as pequenas empresas e os microempreendedores correspondem a 99% de todas as empresas existentes no país e geram 30% do Produto Interno Bruto (PIB). Em Minas Gerais, existem 1,4 milhão de CNPJs na modalidade. Na capital, esse número chega a 252 mil.

No Brasil, os segmentos de maior atuação dos microempreendedores individuais são comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios, promoção de vendas, alimentação, beleza e estética, transporte, obras de alvenaria.

Em um recorte local, o cenário é bem semelhante, sendo que por ordem crescente destacam-se na capital os segmentos de beleza e estética, comércio varejista de vestuário e acessórios, promoção de vendas, alimentação e obras de alvenaria.

O presidente da CDL/BH destaca que, apesar do expressivo número de MEIs em atividade, a maioria desconhece seus direitos e obrigações. “Grande parte dos empreendedores não sabe a importância de manter em dia o pagamento da contribuição mensal, por exemplo. Em caso de inadimplência ele pode perder ou ter dificuldade de acesso a benefícios como auxílio maternidade, INSS, cancelamento do CNPJ e dívida transferida para o CPF”, alerta Souza e Silva.

Para evitar que problemas como esse prejudiquem o crescimento dos pequenos negócios, o SOU MEI vai oferecer assistência administrativa. “O objetivo é fazer com que os microempreendedores criem uma base administrativa consolidada, alerta e eficiente para que o maior foco seja o crescimento econômico e sustentável desses negócios”, enfatiza o presidente da CDL/BH.

Soluções Financeiras

Para ajudar os microempreendedores no acesso ao crédito e microcrédito, o programa firmou parcerias com a Sicoob Divicred e Junior Achievement com condições especiais como prazo de 48 meses para pagamento, taxas reduzidas, cashback e mensalidade 90% mais barata que a praticada.

“Queremos oferecer maior competitividade aos micro empresários, que poderão ampliar seus negócios ou investir para crescer no mercado, através do microcrédito e outras linhas de crédito mais acessíveis e justas”, finaliza o presidente da Divicred/Sicoob, Urias de Sousa. 

Demais benefícios do Sou MEI

– Assessoria jurídica (tributária, contratos, trabalhista)

-Assessoria institucional- Apoio Institucional, Conselhos Temáticos e CDL Negócios

-CDL Consultorias (ações direcionadas e/ ou gratuitas/mentorias/parceria SEBRAE)

-Trilha do conhecimento, consultorias e mentorias para MEI

-Linhas de crédito e microcrédito

-Palestras e Workshops

-Grupo de Relacionamento / network

-Certificado Digital gratuito – Tipo A1 e-CPF ou e-CNPJ – em todos os pacotes

-Clube de Vantagens (degustação)

-Acesso ao CDL Parcerias