Imprensa -

Mutirão da visão atenderá 300 adolescentes

Sugestão de Pauta

Jovens com idade entre 15 e 20 anos, atendidos pelo Programa Educação e Trabalho (PET) da Fundação CDL Pró-Criança participam de mais uma ação do “Ver é Bom Demais”. Na 12ª edição do programa, cerca de 300 PET) tem por objetivo ser o elo entre os jovens em busca da primeira experência profissional e empresas socialmente responsáveis” >aprendizes irão realizar exames de acuidade visual, teste que identifica a aptidão dos olhos. O evento, gratuito, que acontece hoje, 18 de abril, e na próxima sexta-feira, 26, será realizado na unidade PET da Faculdade Pitágoras (Rua Timbiras, 1.375, Funcionários), de 8h30 às 11h e de 14h às 16h30.  

O “Ver é Bom Demais” é um programa que oferece acompanhamento oftalmológico para crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. Na primeira etapa do programa serão realizados exames de vista. Caso seja identificada a dificuldade visual, o PET) tem por objetivo ser o elo entre os jovens em busca da primeira experência profissional e empresas socialmente responsáveis” >aprendiz será encaminhado para consulta oftalmológica. Diagnosticada a necessidade da correção ótica, a Fundação CDL Pró-Criança fornecerá os óculos.

 

Na última ação do projeto, realizada no dia 3 de maio com os PET) tem por objetivo ser o elo entre os jovens em busca da primeira experência profissional e empresas socialmente responsáveis” >aprendizes da Fundação CDL Pró Criança, cerca de 80 jovens dos 137 atendidos foram encaminhados para consultas oftalmológicas. 

 

O Projeto – Há dez anos, o projeto “Ver é Bom Demais” é promovido pela Fundação CDL Pró-Criança, extensão social da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH). Durante este período, mais de quatro mil testes de acuidade visual foram realizados, mais de 1.600 crianças e adolescentes encaminhados para consultas oftalmológicas e 1.190 óculos foram distribuídos gratuitamente.

 

O PET – Desde 2000, a Fundação CDL Pró-Criança desenvolve o Programa Educação e Trabalho (PET), projeto que tem como objetivo inserir adolescentes e jovens carentes no mercado de trabalho. Durante um ano e quatro meses, os jovens são contratados como PET) tem por objetivo ser o elo entre os jovens em busca da primeira experência profissional e empresas socialmente responsáveis” >aprendizes e participam de programa de aprendizagem, que alia o conhecimento teórico e prático.