Imprensa -

Para a CDL/BH, renovação do contrato entre a Cemig e a CEF foi acertada

Sugestão de Pauta

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) considera acertada a decisão em Cemig de renovar o convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) que permite que as contas de luz sejam pagas nas agências da CEF e nas casas lotéricas. A concessionária divulgou ontem (25), por meio de nota, que vai oficializar a prorrogação do contrato nos próximos dias. A CDL/BH, ciente de seu papel como articulador de soluções para as diversas demandas que afetam os consumidores, atuou ativamente para que os mineiros não perdessem essa opção de local para realizar a quitação de suas faturas.

A entidade enviou ofício a Cemig no dia 13 de junho solicitando a renovação do convênio e também participou na mesma data de audiência pública organizada pela Comissão de Direitos do Consumidor da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), com o objetivo de demostrar à concessionária de energia os diversos impactos negativos que seriam causados com o fim do contrato.

A CDL/BH entende a relevância da renovação do convênio para a população, pois caso ele não ocorresse traria grandes transtornos para a todos. “Mesmo com outras opções para o pagamento das contas, sabemos que boa parte da população não utiliza ou não tem acesso a outros bancos, caixa eletrônico, internet banking, débito automático para a quitação das faturas, principalmente dos que moram no interior”, comenta o presidente da CDL/BH, Bruno Falci. “Consideramos que a decisão da Cemig foi acertada. Caso as casas lotéricas deixassem de receber as contas estariam restringindo significativamente as opções de locais para pagamento oferecidas à população”, acrescenta.