Imprensa -

Programa CDL 60+ é finalista do Prêmio Pró-Longevidade

Sugestão de Pauta

Votação popular termina no dia 6. Concorrem iniciativas de pessoas jurídicas e físicas

O Programa CDL 60+ da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) está entre os três finalistas, categoria pessoa jurídica, da 2ª. edição do Prêmio Pró-Longevidade, da Rede Longevidade, que tem o objetivo de reconhecer boas práticas no campo da longevidade e potencializar a causa na sociedade. Os finalistas, selecionados pela comissão julgadora, estão agora na etapa da votação popular que vai até o dia 6, próxima terça-feira. Concorrem três finalistas na categoria pessoa jurídica e três na pessoa física. Nessa 2ª edição do prêmio, foram inscritas iniciativas realizadas por pessoas físicas ou jurídicas voltadas para a promoção de saúde, socialização, educação, lazer, cultura, trabalho, entre outros temas. 

A proposta do Programa CDL 60+ é contribuir para o desenvolvimento de um ecossistema social para esse público, fundamentado em três eixos: políticas públicas, geração de trabalho e renda, experiência do cliente 60+ e economia prateada. “O objetivo do Programa CDL 60+ é transformar Belo Horizonte na capital referência em acolhimento à pessoa com mais de 60 anos, com a geração de trabalho, renda e estímulo à economia prateada”, explica o presidente em exercício da CDL/BH, José Angelo de Melo. “Esse programa teve início em 2018, quando encomendamos um estudo, inédito no país, para conhecer e entender melhor uma parcela da população que só vem crescendo, que são as pessoas com mais de 60 anos”, completa. Com base nesse estudo, a CDL/BH iniciou um trabalho para qualificar os seus associados, comerciantes e prestadores de serviços, para valorizar, entender e atender melhor esses consumidores, que crescem a cada ano. 

Para votar, basta acessar o link https://redelongevidade.org.br/premio/