Imprensa -

‘Túneis de desinfecção’ em terminais de transporte coletivo de Belo Horizonte começam a funcionar amanhã, a partir das 8h

Sugestão de Pauta

Equipamentos serão instalados nas estações Carijós, Barreiro e São Gabriel

Amanhã, 6 de outubro,  a partir das 8h, usuários do transporte coletivo de Belo Horizonte, dos terminais Carijós, Barreiro e São Gabriel, recebem o ‘túnel de desinfecção’ para enfrentamento à Covid-19. A iniciativa da instalação dos túneis é da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e é mais uma ação da entidade para ajudar na prevenção do coronavírus. Em junho, a CDL/BH, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), instalou 50 totens de álcool gel nos seis grandes terminais de transporte coletivo da cidade e em 14 estações do sistema Move nas avenidas Antônio Carlos, Cristiano Machado, Pedro I e Vilarinho. 

O ‘túnel de desinfecção’ não utiliza produtos químicos e reduz possível transmissão para outras superfícies do ambiente através da emissão de uma névoa de água ozonizada. Desta forma, para não prejudicar as pessoas ao respirar o ozônio no formato de gás, o equipamento processa a solução do gás na água em um percentual muito abaixo do que poderia ser prejudicial ao ser humano e que é utilizado até mesmo para desinfecção de água, tornando-a potável. Essa informação consta de nota técnica do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que foi responsável, juntamente com a Fiemg, pela instalação do primeiro equipamento na estação BHBus Pampulha no mês de agosto.

A iniciativa da CDL/BH para instalação dos túneis tem parceria com a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte S/A (BHTrans) e o Consórcio Operacional do Transporte Coletivo de Passageiros por Ônibus do Município de Belo Horizonte (Transfácil).