Imprensa -

Vendas para dia dos pais devem ser aquecidas nos próximos dias na capital

Sugestão de Pauta

O Dia dos Pais de 2019 deve ser positivo para o varejo da capital. Segundo levantamento da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) a maior parte dos consumidores (56,4%) irá às compras para presentear os pais.

A expectativa é que o movimento no comércio aumente nos próximos dias, devido à proximidade com a data, que é comemorada no segundo domingo do mês de agosto, dia 11.

“Boa parte dos consumidores têm o costume de deixar as compras dos presentes para a última hora, e isso também ocorre no Dia dos Pais. Nossa expectativa é que o volume de vendas cresça até domingo”, comenta o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

Outro fator que deve impulsionar as vendas nos próximos dias é que, de acordo com pesquisa realizada pela CDL/BH, a maioria dos consumidores (97%) irá realizar o pagamento de suas compras à vista, por isso estão aguardando o recebimento dos salários, que costuma ocorrer após o quinto dia útil do mês, para irem às compras.

E os itens mais procurados para presentear os pais, segundo o levantamento, serão as roupas, conforme 77,1% dos entrevistados. Os calçados também estão entre os produtos preferidos, com 16,1% das respostas. Em seguida, aparecem os perfumes/produtos de barbearia (8,8%) acessórios como cintos, carteiras e bonés (4,8%) e relógios (3%), material esportivo (1%). Os consumidores que ainda não decidiram pelo presente somam 2,8% do total.

Devido o Dia dos Pais, a estimativa da CDL/BH é que as vendas cresçam 1,33% no mês de agosto em relação ao mesmo período de 2018, gerando um montante de R$ 1,82 bilhão injetados no comércio da capital mineira.

Entre os lojistas, a expectativa de vendas também é positiva. A maioria (57,9%) acredita que as vendas irão aumentar em comparação ao mesmo período do ano passado. “O Dia dos Pais abre o calendário de datas comemorativas do segundo semestre e estamos confiantes que o comércio de Belo Horizonte será aquecido com as vendas dos presentes”, comenta Souza e Silva.

Principais pontos da pesquisa com os consumidores para o Dia dos Pais

  • O tíquete médio dos presentes deve ser de R$ 91,93.
  • O dinheiro será a forma de pagamento mais utilizada pelos consumidores (74,1%).
  • Os itens mais procurados neste Dia dos Pais para presentear serão as roupas (77,1%) e os calçados (16,1%).
  • Os consumidores preferem comprar seus presentes em lojas de rua (62,3%) e nos shoppings (22,3%).
  • A maioria dos consumidores (63,2%) pretende comemorar o Dia dos Pais.
  • O que mais atrai os consumidores na hora de realizar as compras é o preço (74,2%).

Metodologia – Foram entrevistados 301 consumidores de Belo Horizonte no período de 21 de junho a 17 de julho de 2019