Indicadores e Pesquisas -

Dezembro


O índice real de vendas apresentou, na comparação com o mês imediatamente anterior um crescimento de 1,24%. Dezembro é uma base forte de comparação por ter contado com o Natal e a data tem um apelo emocional forte e as pessoas presenteiam mesmo que com presentes de menor valor, fator que contribuiu para a movimentação do comércio. Ainda sim, o crescimento registrado é considerado pequeno.


Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, dezembro de 2016 apresentou uma queda de -1,84%.


 


Este decréscimo nas vendas é resultado da desaceleração da atividade econômica durante todo ano de 2016, com inflação em patamares elevados (Ac. Ano: 6,29% até dez.16), taxa de juros altas (Dez.16 13,75% Dez.15 14,25%), queda na renda real (3º tri.16/ 3º tri.15 queda de -9,8%) e aumento (3º tri.16 11,5%/ 3º tri.15 9,5%) na taxa de desemprego. A conjunção destes fatores leva a uma redução do poder de compra das famílias, impactando negativamente nas vendas. Já a taxa básica de juros também constitui um fator desfavorável ao consumo tendo em vista o custo de se obter crédito torna-se maior.