Em que posso ajudar?

WhatsApp
Notícias -

ALGUNS MOTIVOS PARA CELEBRAR ESTE 16 DE JULHO, DIA DO COMERCIANTE

Notícias gerais

O comerciante merece

“Acredito muito em uma das teses do grande filósofo Mário Sérgio Cortella, quando ele diz que o pessimista é um “vagabundo”. Pode parecer meio forte a definição, mas ele defende sua tese afirmando que “é muito fácil ver uma situação difícil e dizer que não vai dar certo. Difícil é se mexer para mudar isso”.
Concordo em gênero, número e grau. E se existe alguém que jamais pode se deixar contaminar pelo pessimismo é o comerciante. A palavra pessimismo não pode existir no dicionário de quem precisa enfrentar desafios todos os dias. Desde quando abre suas portas até o final do expediente, cumprindo a árdua tarefa de “matar um leão por dia”. Neste 16 de julho, Dia do Comerciante, tenho muitas razões para ser ainda mais otimista. Não apenas como fator motivacional para a nossa classe, mas embasado em fatos muito concretos.
Em primeiro lugar, o comerciante de hoje está muito mais preparado do que três anos atrás. O comércio foi o setor mais impactado pela pandemia. E não foi somente nos momentos críticos de fechamentos. A pandemia nos obrigou a trocar o pneu com o carro em andamento. Trouxe novas relações de trabalho, acelerou as transformações tecnológicas e estabeleceu novos padrões de relacionamento com os clientes. Na pandemia, O cliente não batia na porta da loja. Ele precisava ser conquistado dentro da casa dele.
O cenário macroeconômico também permite uma boa pose de otimismo. O índice de desemprego permanece em queda. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), atingiu 8,3% em junho. É o melhor resultado para a taxa de desemprego desde 2015 . A deflação de 0,08%, registrada pelo índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo no mês de junho, já permite prever a possibilidade de uma inflação para o ano dentro da meta estabelecida pelo Banco Central. Tudo indica que na próxima reunião do Comitê de Política Monetária prevista para o início de agosto haja uma queda da Taxa Selic, uma reivindicação unânime na sociedade.
Nesta semana, Pesquisa da Genial/Quaest mostrou o antes desconfiado mercado financeiro otimista com os rumos da política econômica do governo. No plano local, ainda nesta semana levantamento realizado pela CDL/BH mostrou que os belo-horizontinos estão devendo menos que o restante do país. Segundo pesquisa com base nos dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), a variação anual da capital mineira (5,48%) é menor que a nacional (7,64%) e a da região Sudeste (6,78%).
Quem está inadimplente vai ter uma grande oportunidade de voltar ao mercado de consumo com o Desenrola Brasil, programa do Governo Federal previsto para começar em setembro. As famílias poderão negociar as dívidas que mais apertam o orçamento, como contas de água e luz, educação, cartões de crédito e boletos. A estimativa do Ministério da Fazenda é que 70 milhões de pessoas sejam beneficiadas pelo programa.
Além de todos estes fatores, o segundo semestre tem mais quatro importantes datas comemorativas: Dia dos Pais, Crianças, Black Friday e Natal. Portanto, longe de mim querer ser um animador de torcida. Falo em otimismo diante de fatos concretos que estão compondo o momento vivido pela nossa economia. Tudo leva a crer que chegaremos ao final de 2023 com um cenário ainda melhor do que o atual.
Por último, quero aqui reafirmar o compromisso da CDL/BH e do Sebrae Minas, instituições que tenho a honra e a satisfação de presidir, de aprofundar ainda mais as parcerias para estarmos cada vez mais próximos de quem empreende. Afinal, o comerciante merece. Ele tem enfrentado muitas chuvas e trovoadas. Está na hora de viver tempos de bonança.”

-Marcelo de Souza e Silva

Publicações similares

Notícias gerais
24 de maio de 2024
ESTAMOS DE OLHO: CONFIRA OS DESTAQUES DAS CASAS LEGISLATIVAS DE 20 A 24 DE MAIO.

Ampliação de comércio nas ADEs; simplificação do Código de Posturas; 5G nas cidades do interior de …

Notícias gerais
21 de maio de 2024
GASOLINA SERÁ VENDIDA COM VALOR REDUZIDO EM 35% NO DIA LIVRE DE IMPOSTOS

No dia 6 de junho, o litro do combustível será comercializado a R$ 3,76. O abastecimento …

Notícias gerais
21 de maio de 2024
COMÉRCIO DE BH ENCERROU PRIMEIRO BIMESTRE DE 2024 COM CRESCIMENTO

Movimentação turística e festas do período contribuíram para o resultado positivo. Na análise mensal, fevereiro obteve …

Notícias gerais
16 de maio de 2024
DIA LIVRE DE IMPOSTOS JÁ TEM DATA MARCADA

Ação contra altas cargas tributárias será realizada no dia 6 de junho em todo o país. …