Em que posso ajudar?

WhatsApp
Notícias -

Associados, fiquem atentos ao golpe da lista telefônica

Apoio ao Comércio


O já conhecido “Golpe da Lista Telefônica” não é novidade, há anos vem fazendo vítimas em todo o país e, recentemente, o Departamento Jurídico da CDL/BH recebeu ligações de alguns associados que foram vítimas desse golpe.


Como funciona o golpe: um empregado da empresa recebe uma ligação, no outro lado da linha, uma pessoa simpática e bem treinada informa que a ligação é apenas para confirmação de dados, que não haverá nenhum custo para atualizar os dados da empresa na lista telefônica digital. Eles informam que será enviado um documento por e-mail que deve ser assinado e enviado com urgência para que o nome da sua empresa seja veiculado na lista telefônica na internet. Em seguida, um e-mail é enviado para a vítima, que deve bater o carimbo da empresa, assinar e enviar por e-mail para que seja feita a tal “confirmação” dos dados.


Após a assinatura da vítima, a empresa responsável pelo golpe começa a enviar boletos de cobrança, ameaças de protesto, inscrição nos órgãos de proteção ao crédito e mais, eles chegam ao absurdo de se identificarem como tabeliães de cartórios.


Os lojistas devem ficar atentos e não devem aceitar qualquer contrato com anúncio publicitário em lista telefônica. A não ser que já conheça a empresa responsável, devem sempre duvidar de contratos “sem custo” e de ligações que pedem para assinar qualquer documento e devolver com urgência.


Essa atitude caracteriza crime de estelionato e orientamos que, caso tenha sido vítima deste golpe, procure a Polícia Civil e faça um Boletim de Ocorrência.


Os PROCON’s e Juizados Especiais de todo país já conhecem esse golpe, e o que verificamos é que essas empresas mudam de nome e CNPJ constantemente. Esses estelionatários fazem pressão psicológica com as vítimas, alegam que o nome será protestado ou inscrito nos órgãos de proteção ao crédito, ligam e mandam e-mails ameaçadores exigindo o pagamento urgente dos boletos e, algumas vezes, concedem até “desconto” no valor total da dívida se a vítima quiser rescindir o contrato após o prazo de 07 (sete) dias, reduzindo a suposta dívida em 40%.


A recomendação é que o fornecimento de qualquer tipo de dado seja feito apenas de forma confiável, não bata o carimbo da sua empresa e assine qualquer documento sem ler todo o conteúdo do documento e entender porque deve assinar. Em regra, consta nestes contratos em letras pequenas a obrigação de pagamento de 12 (doze) parcelas no valor de aproximadamente de R$ 400,00 (quatrocentos reais).


Assim, para se prevenir desse tipo de golpe, a orientação é: o empresário deve orientar seus empregados no sentido de que jamais repassem informações restritas da empresa por telefone. Toda e qualquer prestação de serviço que porventura necessite ser contratada deve obedecer a critérios de checagem e verificação de todo conteúdo do contrato, verifique previamente as informações e os dados da empresa que está solicitando a assinatura daquele contrato ou documento.


Departamento Jurídico– CDL/BH

26/06/2019


 


Publicações similares

Notícias gerais
24 de maio de 2024
ESTAMOS DE OLHO: CONFIRA OS DESTAQUES DAS CASAS LEGISLATIVAS DE 20 A 24 DE MAIO.

Ampliação de comércio nas ADEs; simplificação do Código de Posturas; 5G nas cidades do interior de …

Notícias gerais
21 de maio de 2024
GASOLINA SERÁ VENDIDA COM VALOR REDUZIDO EM 35% NO DIA LIVRE DE IMPOSTOS

No dia 6 de junho, o litro do combustível será comercializado a R$ 3,76. O abastecimento …

Notícias gerais
21 de maio de 2024
COMÉRCIO DE BH ENCERROU PRIMEIRO BIMESTRE DE 2024 COM CRESCIMENTO

Movimentação turística e festas do período contribuíram para o resultado positivo. Na análise mensal, fevereiro obteve …

Notícias gerais
16 de maio de 2024
DIA LIVRE DE IMPOSTOS JÁ TEM DATA MARCADA

Ação contra altas cargas tributárias será realizada no dia 6 de junho em todo o país. …