Notícias -

Bom momento para quitar dívidas

Apoio ao Comércio

O governo federal divulgou nesta manhã o calendário para o saque das contas inativas do FGTS. Cerca de 30 milhões de trabalhadores terão direito ao benefício, com previsão de que sejam injetados R$ 34 bilhões na economia brasileira. Na opinião de Bruno Falci, presidente do SPC Brasil e do Conselho Estadual do SPC de Minas Gerais (CESPC) este é o momento ideal para os consumidores inadimplentes regularizarem suas dívidas. A orientação é para que esses beneficiários priorizem o pagamento de débitos, principalmente aqueles que possuem juros maiores, como o cartão de crédito e o cheque especial. Dessa forma, eles poderão voltar ao mercado de consumo e demandar crédito.


 


Dados divulgados em janeiro deste ano pela CESPC apontam que a diminuição da renda devido ao desemprego tem dificultado o pagamento das dívidas por boa parte dos consumidores de Minas Gerais. “Exemplo disso é que o número de pessoas inadimplentes apresentou alta de 4,47% em janeiro de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior”, ressalta Bruno Falci. 


 


Ainda de acordo com o presidente Bruno, para aqueles que estão empregados e não possuem dívidas, o momento pode ser propício para fazer uma reserva financeira, dar entrada em um imóvel ou mesmo consumir. 


 


Pode sacar o benefício todo trabalhador que pediu demissão ou teve seu contrato de trabalho finalizado por justa causa até 31/12/2015. Os saques começam no dia 10 de março e vão até o dia 31 de julho. O cronograma de liberação depende da data de nascimento do trabalhador.


 


Fonte: Conselho Estadual do SPC Minas Gerais