Notícias -

CDL/BH reivindica maior atuação da PBH para coibir comércio ilegal na cidade e por mais segurança

Apoio ao Comércio

O presidente da CDL/BH, Bruno Falci, e o gerente institucional da entidade, Edilson Cruz, se reuniram com o Prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, nesta segunda-feira, 12 de setembro, para tratar de assuntos relacionados ao comércio informal, moradores em situação de rua e segurança na cidade.

 

Falci entregou nas mãos do Prefeito um documento contendo registros da atuação de comércios informais (camelôs) em vários pontos da cidade. Para o presidente da CDL/BH, o aumento da incidência dessa atividade é um retrocesso para a cidade, já que cerca de 15 anos atrás a Prefeitura realocou os camelôs em shoppings populares. A CDL/BH atuou ativamente para que a medida fosse implementada naquele ano, e agora cobra mais rigor da fiscalização por parte da PBH. “Não podemos deixar que essa atividade tome conta da cidade como era no passado. É uma concorrência desleal com o comércio, que paga impostos e cumpre suas obrigações em dia. Além disso, essa atividade prejudica o trânsito de pedestres”, afirma Falci.

 

A CDL/BH também solicitou ao Prefeito o reforço da Guarda Municipal, atuando em conjunto com a Polícia Militar, para melhorar a segurança na cidade, pois, de acordo com pesquisa informal realizada pela entidade junto a seus associados, o comércio tem sentido maior sensação de insegurança.