Em que posso ajudar?

WhatsApp
Notícias -

EMPREGABILIDADE DE JOVENS NA ÁREA DE TI É TEMA DE EVENTO NA CAPITAL MINEIRA

Notícias gerais

Empresários se reúnem para desenvolver iniciativas de apoio à formação e contratação de talentos em tecnologia em Belo Horizonte e Região Metropolitana 

O Instituto da Oportunidade Social (IOS) – que há mais de duas décadas atua na formação e empregabilidade de jovens para o mercado de trabalho por meio de cursos gratuitos – em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Fundação CDL-BH, Instituto Localiza, PUC Minas e TOTVS, promovem amanhã, 13, das 8h30 às 12 horas, o evento “Encontro de lideranças para formação de talentos em Belo Horizonte”, que vai reunir representantes de grandes empresas de vários setores da região para juntos fortalecer iniciativas que apoiem a formação e a empregabilidade de jovens talentos na área de tecnologia. 

O evento será realizado no “Centro de Convenções CDL/BH” – Avenida João Pinheiro, 495 – Boa Viagem, Belo Horizonte, e contará com a participação de líderes de grandes companhias, como a vice-presidente de Relações Humanas da TOTVS Brasil e presidente do IOS, Izabel Branco, que apresentará a palestra “Talent War”, além das apresentações da diretora do Instituto Localiza, Alessandra Peixoto; do presidente da Fundação CDL-BH, Vilson Mayrink, do pró-reitor da PUC São Gabriel MG, Tarcísio José Almeida e o do diretor de produtos da TOTVS, Robson Campos, entre outros.  

O objetivo do evento é trazer novas perspectivas para formar e contratar profissionais para a área e acontecerá em todos os estados do país onde o IOS tem unidades de formação de jovens: São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Rio Grande de Sul. De acordo com estudos do setor, em cerca de cinco anos, quase 800 mil novos postos de trabalho em Tecnologia serão abertos no país que forma apenas cerca de 53 mil alunos por ano na área. Isso deverá abrir um déficit de mais de 500 mil profissionais para atuarem na área. Sobram vagas e faltam pessoas qualificadas.

“Vivemos uma triste realidade que é a falta de oportunidade para os jovens se inserirem no mercado de trabalho. Por outro lado, as empresas vivem um grande desafio de atrair e reter talentos. A geração Z, que é justamente essa faixa etária de jovens aprendizes, já é a maior população de consumo do mundo e serão os futuros trabalhadores. Analisar os comportamentos dessas pessoas e inseri-las desde já em uma rotina de emprego e educação é fundamental”, destaca o presidente da Fundação CDL-BH, Vilson Mayrink. 

Oportunidade 

Em Belo Horizonte, a Fundação CDL-BH, que atua como braço social da CDL/BH, realiza o Programa Emprego e Trabalho (PET). Desde 2000, o PET já capacitou quase 21.980 jovens por meio de oficinas, promoveu a inserção de mais de 12 mil no mercado de trabalho como aprendizes e alcançou a efetivação de 3.505 como funcionários. 

O programa técnico-profissional prevê a execução de atividades teóricas e práticas através da Lei da Aprendizagem. Os jovens possuem duas opções de contrato: contrato de 11 meses com carga horária diária de seis horas e salário de R$ 917,58; contrato de 16 meses com carga horária diária de quatro horas e salário de R$ 611,72. 

“Ao contratar o Programa de Aprendizagem da Fundação CDL-BH, as empresas parceiras potencializam a produção, e também exercem a responsabilidade social, por meio do cumprimento de quatro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Agenda 2030)”, destaca Vilson Mayrink.

Sete a cada dez anos alunos formados pelo IOS em BH em mais de uma década de atuação estão empregados

A unidade do Instituto da Oportunidade Social (IOS), em Belo Horizonte, em mais de uma década já formou mais de 1.600 jovens. Desse total, cerca de 1.100 conquistaram seu primeiro emprego com a ajuda do IOS.

Em Belo Horizonte, o IOS possui cerca de cem empresas parceiras, como: Localiza, Transfácil, Dafiti, Emtel, entre outras, que já contrataram alunos formados na unidade. Os cursos do IOS acontecem em duas unidades na cidade: PUC São Gabriel e PUC Barreiro.

Por meio de cursos gratuitos, com metodologia própria, o IOS já formou mais de 43 mil jovens em 25 anos de atuação, sendo que mais de 60% deles já estão empregados. Além dos conceitos técnicos, os cursos do IOS incluem aulas práticas nos softwares, Educação Digital, Português e Matemática, Empregabilidade, Cidadania e Comportamento (Soft Skills). Na grade curricular, também são trabalhados os conceitos e práticas sobre vivência corporativa, para que os alunos aprendam a elaborar e-mails, apresentações e participar de reuniões. 

Ao final dos cursos, os alunos formados podem participar do Programa IOS de Oportunidades, que busca durante três anos após a formação, vagas de empregos principalmente entre as empresas parceiras da instituição, ampliando a renda dessas famílias em até 60%. Além disso, também busca vagas para formação universitária em instituições parceiras da organização.

“Após os cursos do IOS, esses jovens passam a ter novas perspectivas de carreira profissional e planejar um futuro mais promissor e digno. A qualificação é o diferencial que ajuda a impulsionar a carreira profissional dos jovens, em especial na área de Tecnologia”, destaca a superintendente do IOS, Kelly Lopes

Sobre o IOS 

Comprometido com a empregabilidade de jovens e pessoas com deficiência que tenham menor acesso às oportunidades do mercado de trabalho, desde 1998 o IOS desenvolve projetos de formação profissional gratuita em temas variados. “Administração” e “Tecnologia” compõem a grade de cursos, além do enfoque comportamental. 

Qualificado como Entidade Beneficente de Assistência Social certificada pelo CEBAS (Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social), o IOS já formou mais de 43 mil profissionais para os setores de Tecnologia da Informação, Administração, RH e Atendimento ao Varejo. 

A instituição é mantida por empresas privadas como a TOTVS – sua fundadora e principal mantenedora – Dell, Microsoft e Zendesk. Juntam-se a este grupo empresas que realizam doações via Incentivo Fiscal, como a Arcos Dorados, BASF, Banco IRB, Brasilprev, Cielo, CTG, Clear Corretora, Hyundai, IBM, Instituto Center Norte, Isa CTEEP, Mattos Filho, Mercado Livre, Vale, entre outras. Mais informações (clique aqui).

Sobre a Fundação CDL-BH

A Fundação CDL-BH é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 1986 pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH). Atua na promoção dos direitos das crianças e adolescentes promovendo impacto social em Minas Gerais. Com o propósito de transformar vulnerabilidade em protagonismo, a Fundação CDL-BH já impactou mais de 86 mil famílias em seus anos de atuação.

Publicações similares

Notícias gerais
16 de maio de 2024
DIA LIVRE DE IMPOSTOS JÁ TEM DATA MARCADA

Ação contra altas cargas tributárias será realizada no dia 6 de junho em todo o país. …

Notícias gerais
10 de maio de 2024
REDUÇÃO DA SELIC É COMEMORADA POR COMÉRCIO

Para CDL/BH, ainda que o recuo seja tímido, o impacto pode ser positivo e processo desinflacionário …

Notícias gerais
10 de maio de 2024
ESTAMOS DE OLHO: CONFIRA OS DESTAQUES DAS CASAS LEGISLATIVAS DE 06 A 10 DE MAIO

Novo feriado estadual; recriação do DPVAT; proibição aos supermercados de conferir compras de clientes; proibição estacionamento …

Notícias gerais
6 de maio de 2024
HOSPITAL SOFIA FELDMAN RECEBE DOAÇÕES ARRECADADAS PELO PROJETO AFETO, DA FUNDAÇÃO CDL-BH

Serão entregues  mais de 30 mil itens de enxoval e produtos de higiene pessoal que vão …