Notícias -

Exportações X importações

Apoio ao Comércio

A balança comercial brasileira registrou em 2014 déficit de US$ 3,930 bilhões, o primeiro desde 2000, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). O resultado do ano passado também é o pior do comercio exterior brasileiro desde 1998, quando o déficit da balança atingiu US$ 6,623 bilhões.


 


 O conjunto das importações feitas por brasileiros em 2014 somou US$ 229 bilhões e as exportações totalizaram US$ 225,1 bilhões. As importações, portanto, passaram as exportações em US$ 3,9 bilhões, déficit.


 


A economia mundial ainda patinando e a crise econômica na Argentina, um dos principais compradores de produtos brasileiros, estão entre os fatores que contribuíram para o déficit na balança comercial brasileira.


 


Antes de 2014, a última vez que o país registrou déficit nas transações com outros países foi em 2000, quando as importações superaram as exportações em US$ 731,7 milhões.


 


Exportações X importações


 


Em 2013, o Brasil havia registrado superávit (exportações superiores às importações) de US$ 2,384 bilhões. Apesar disso, o resultado já era o pior dos últimos 13 anos.


 


O valor das exportações brasileiras em 2014, US$ 225,1 bilhões, é o mais baixo desde 2010, quando foi vendido ao exterior um total de US$ 201,9 bilhões. Em 2013 o país exportou US$ 242 bilhões.


 


As importações em 2014, no total de US$ 229 bilhões, também caíram e são as menores desde 2012 (US$ 223,1 bilhões). Em 2013, as importações somaram US$ 239,6 bilhões.