Notícias -

Impacto social virou questão de sobrevivência do negócio

Apoio ao Comércio

Cientes de que o assunto “impacto social” ganhou proporção neste ano e caminha para se tornar uma questão estratégica, empresas de diferentes setores tentam expandir o foco na área. Segundo estudo da Deloitte sobre o olhar das companhias para 2020, os líderes empresariais avaliam que as respostas no campo social podem influenciar a competitividade e a confiança para investimentos. Para Altair Rossato, presidente da Deloitte no Brasil, virou uma chave.  


 


Foco Segundo Rossato, na própria Deloitte, o programa de voluntariado para os funcionários, que tinha perfil mais pulverizado, como ações em creches e asilos, firmou um compromisso de contribuir para a empregabilidade dos jovens e passou a ter maior adesão dos sócios da consultoria.


 


Sobrevivência Rossato diz que, em sua rotina, se encontra com ao menos um presidente de empresa por semana, e já vê consenso em torno do tema. “No passado, os executivos achavam que ter um programa social era algo bom. Hoje, isso é percebido como questão de sobrevivência do negócio”, afirma ele.


 


Fonte: Folha de São Paulo