Notícias -

Inadimplência cai entre os mineiros

Apoio ao Comércio


O número de consumidores inadimplentes do Estado recuou 3,64% em março de 2018, na comparação com o mesmo mês de 2017, de acordo com o Indicador de inadimplência do Conselho Estadual de SPC de Minas Gerais.


A diminuição do endividamento dos mineiros é reflexo da queda da taxa de juros (Mar.18 em 6,50%/Mar.17 em 12,25% – Banco Central), da desaceleração da inflação (IPCA de Fev.17 em 0,33/ IPCA de Fev.18 em 0,32% – segundo o IBGE) e da redução da taxa de desemprego (4º tri.17 em 10,6%/4º tri.16 em 11,1% – IBGE).


Na variação mensal (Mar.18/Fev.18), houve queda de 0,21%. Entre os sexos, a redução do endividamento foi maior entre os homens (-4,61%), enquanto a retração do endividamento do público feminino foi de -3,19%.


 


O número de dívidas dos consumidores mineiros caiu 8,14% em março, na comparação com o mesmo mês do ano anterior (Mar.18/Mar.17). Esta queda é resultado do aumento no rendimento médio dos consumidores atrelados a melhora dos indicadores macroeconômicos.


Na variação mensal (Mar.18/Mar.17), a redução foi de 0,63%. Na abertura por faixa etária, no mês de março de 2018, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a maioria das dívidas registradas concentrou-se entre as pessoas acima dos 50 anos (41,63%).