Notícias -

Mercado vê menos inflação em 2016 e 2017

Apoio ao Comércio


As expectativas dos economistas para a inflação em 2016 continuaram a melhorar, como vem ocorrendo nos últimos dois meses, e a perspectiva para a atividade econômica parece ter parado de piorar. Ao mesmo tempo, ao longo das últimas duas semanas, o mercado começa a ver uma perspectiva melhor para a economia em 2017.


A expectativa de inflação está se distanciando do teto da meta, de 6%, enquanto houve dois pequenos ajustes para cima na estimativa do desempenho do Produto Interno Bruto (PIB). Também se espera juros menores no ano que vem. A estimativa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo(IPCA) em 2016 caiu pela oitava semana, registrando 6,94%. Para 2017, a redução das estimativas para a inflação, foi um pouco mais intensa, de 5,80% para 5,72%.


Esse recuo nas estimativas de inflação é acompanhado por uma melhora nas projeções para os preços administrados, que devem subir de 6,95% neste ano e 5,73% em 2017.


Conforme previsão, a perspectiva para a taxa básica de juros, permanece em 13,25% para o final de 2016, e demonstra uma queda para o final de 2017, podendo registrar 11,75% segundo estudos.


Fonte:  Valor Econômico – Editado