IPTU 2014: contribuintes que anteciparem o pagamento terão 7% de desconto


Até o dia 20 de janeiro, os proprietários de imóveis de Belo Horizonte terão desconto de 7% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), mediante o pagamento de duas ou mais parcelas do imposto de 2014, conforme decreto que regulamenta o lançamento e o recolhimento do IPTU. 
 
Além desse desconto, o contribuinte poderá contar com créditos do programa BH Nota 10 e, no caso dos clubes da capital, com descontos do programa Esporte para Todos. O valor venal dos imóveis, que é a base de cálculo para o valor do IPTU, e as faixas de alíquotas foram atualizados em 5,85%, de acordo com o IPCA-E/IBGE, conforme determina a legislação municipal. Imóvel residencial com valor venal inferior a R$ 47,7 mil fica isento do imposto. A Prefeitura estima que quase 91 mil imóveis estejam abaixo deste valor. Há ainda os imóveis imunes à cobrança por determinação constitucional, como igrejas, edifícios públicos e de partidos políticos, que somam cerca de 13 mil unidades na capital.
 
O primeiro lote de guias de IPTU começa a ser enviado para a casa do contribuinte no dia 6 de janeiro e a expectativa da Prefeitura é de que até o dia 15 todas as guias já tenham sido entregues. Outra opção para o contribuinte, a partir de terça-feira, dia 31, é retirar a guia pela internet. Todas as 740 mil guias estão disponíveis no endereço www.pbh.gov.br/iptu2014 , (basta clicar no menu esquerdo em IPTU - 2ª VIA).
 
Fonte: Site PBH

Notícias Recentes

Comércio não conseguirá suportar aumento de 20% no caixa com reajuste das passagens de ônibus
04/09/2015 - CDL na Mídia
CDL/BH solicita à BHTrans divulgação da planilha de custos que justifique o aumento das tarifas do transporte coletivo municipal

Seja um Associado »

Nossos Produtos

Espaço para eventos Três amplos salões e um auditório com 300 lugares para a realização de qualquer tipo de evento
Assistência ao Consumidor Assessoria gratuita nas relações entre consumidor e lojista
Score Saiba qual a probabilidade do consumidor tornar-se inadimplente nos próximos 3 ou 12 meses.

... Carregando...